Os Vencedores dos Prémios Sophia 2022

de João Iria

Sábado, dia 18 de Junho, a Academia Portuguesa de Cinema atingiu a sua 11ª Edição dos Prémios Sophia, com uma cerimónia dedicada a celebrar o melhor do cinema Nacional e a prestar homenagem ao género da animação, tanto mundial como em Portugal. Esta gala, apresentada por Margarida Vila-Nova e Pedro Miguel Ribeiro, decorreu no Casino Estoril, com transmissão televisiva através da RTP2, repleta de participações musicais e espetáculos de bandas como Os Azeitonas, que aplicaram o seu tempo a glorificar os “desenhos animados”.

A estatueta de Melhor Filme foi atribuída para O Último Banho (2021), que das suas 13 nomeações conquistou 3 vitórias, incluindo Melhor Argumento. Ainda assim, o grande vencedor desta noite foi a longa-metragem documental, A Metamorfose dos Pássaros (2021), que, das suas 5 nomeações, arrecadou 4 vitórias, incluindo Melhor Realização e Melhor Documentário (Longa-Metragem). Nesta edição dos Prémios Sophia, existiu uma distribuição equilibrada de prémios entre os nomeados; Terra Nova (2021) venceu 3 prémios, incluindo Melhor Ator Principal (Miguel Borges); Sombra (2021) recebeu as 2 estatuetas de Melhor Atriz e Melhor Atriz Secundária, enquanto Bem Bom (2021) arrecadou 2 prémios, nas categorias técnicas.

Após dois anos exaustivos a tentar sobreviver, o cinema português procurou, nesta cerimónia, recordar o público do poder e promessa que persiste nestas narrativas nacionais e, possivelmente, recuperar as audiências perdidas durante a pandemia. Aguarda-se uma próxima celebração com um número maior de histórias em competição e, esperançosamente, um ano repleto de salas esgotadas.

Eis a lista completa dos vencedores dos Prémios Sophia 2022:

MELHOR FILME

Bem Bom – Patrícia Sequeira, produtora; Santa Rita Filmes

O Último Banho – Isabel Machado, Joana Ferreira e Jasmina Sijercic, produtoras; C.R.I.M. (Vencedor)

Sombra – Joana Domingues, produtora; Caracol Protagonista

Terra Nova – Ana Costa, produtora; Cinemate

MELHOR REALIZAÇÃO

Bruno Gascon – Sombra

Catarina Vasconcelos – A Metamorfose dos Pássaros (Vencedora)

David Bonneville – O Último Banho

Patrícia Sequeira – Bem Bom

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

Cucha Carvalheiro, Filipa Martins e Patrícia Sequeira – Bem Bom

David Bonneville e Diego Rocha – O Último Banho (Vencedor)

Filipa Poppe e Joana Andrade – O Som Que Desce na Terra

Maureen Fazendeiro, Miguel Gomes e Mariana Ricardo – Diários de Otsoga

MELHOR ATRIZ PRINCIPAL

Ana Moreira – Sombra (Vencedora)

Anabela Moreira – O Último Banho

Gabriela Barros – O Som Que Desce na Terra

Lia Carvalho – Bem Bom

MELHOR ATOR PRINCIPAL

José Condessa – O Som Que Desce na Terra

Martim Canavarro – O Último Banho

Miguel Borges – Terra Nova (Vencedor)

Pedro Lacerda – Terra Nova

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA

Ana Cristina Oliveira – Sombra (Vencedora)

Margarida Marinho – O Som Que Desce na Terra

Margarida Moreira – O Último Banho

Sara Carinhas – Bem Bom

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

Eduardo Breda – Bem Bom

João Jesus – O Som Que Desce na Terra

João Nunes Monteiro – Diários de Otsoga (Vencedor)

Raimundo Cosme – Sombra

MELHOR DOCUMENTÁRIO (LONGA-METRAGEM)

A Metamorfose dos Pássaros – Catarina Vasconcelos (Vencedora)

Prazer, Camaradas! – José Filipe Costa

Paraíso – Sérgio Tréfaut

Serpentário – Carlos Conceição

MELHOR FOTOGRAFIA

Luís Branquinho – Terra Nova (Vencedor)

Paulo Castilho – Sombra

Paulo Menezes – A Metamorfose dos Pássaros

Vasco Viana – O Último Banho

MELHOR MONTAGEM

Francisco Moreira – A Metamorfose dos Pássaros (Vencedor)

Maria Gonzalez – Sombra

Pedro Filipe Marques – Diários de Otsoga

Pedro Ribeiro – Bem Bom

MELHOR SOM

Adriana Bolito, Miguel Martins, Rodolfo Cardoso e Rafael Gonçalves Cardoso – A Metamorfose dos Pássaros (Vencedor)

Dana Fazanephour, Elsa Ferreira e Simon Apostolou – O Último Banho

Francisco Pinho de Almeida e Branko Neskov – Bem Bom

Vasco Pimentel e Miguel Martins – Diários de Otsoga

MELHOR BANDA SONORA

Filipe Goulart e Milton Nuñez Mora – Sombra

Hugo Leitão – Serpentário (Vencedor)

José Alberto Gomes e Jonatan Blati – O Último Banho

Nuno Côrte-Real – Terra Nova

MELHOR DIREÇÃO ARTÍSTICA

Andresa Soares – Diários de Otsoga

Bruno Duarte – O Último Banho (Vencedor)

Joana Costa Gaspar – Terra Nova

João Torres – Bem Bom

MELHOR CARATERIZAÇÃO/EFEITOS ESPECIAIS

Hoël Sainleger (Efeitos especiais) e Olga José (Caracterização) – O Último Banho

Luís Guerreiro (Efeitos especiais) e Marlene Santos (Caracterização) – O Som Que Desce na Terra

Manuel Santiago (Efeitos especiais) e Ana Araújo (Caracterização) – Bem Bom

Markus Frank (Efeitos especiais) e Miguel Teixeira (caracterização) – Terra Nova (Vencedor)

MELHOR GUARDA-ROUPA

Mia Lourenço – O Som Que Desce na Terra

Patrícia Dória – O Último Banho

Rita Lameiras – Bem Bom (Vencedor)

Miss Suzie – Terra Nova

MELHOR MAQUILHAGEM E CABELOS

Abigail Machado, Ana Araújo e Mário Leal – Bem Bom (Vencedor)

Marlene Santos e Mário Leal – O Som Que Desce na Terra

Miguel Teixeira – Terra Nova

Olga José – O Último Banho

MELHOR DOCUMENTÁRIO (CURTA-METRAGEM)

Eunice ou Carta a uma Jovem Actriz – Tiago Durão (Vencedor)

Saudade – Tiago Iúri e Sandra Duarte Cardoso

Sopro – Pocas Pascoal

Timkat – Ico Costa

MELHOR CURTA-METRAGEM

A Rapariga de Saturno – Gonçalo Almeida

Cabra-Cega – Tomás Paula Marques

O Lobo Solitário Filipe Melo (Vencedor)

We Won’t Forget – Edgar Morais e Lucas Elliot Eberl

MELHOR CURTA-METRAGEM ANIMAÇÃO

A Menina Parada – Joana Toste

A Mulher do Médico – Bruno Simões (Vencedor)

O Macaco – Lorenzo Degl’Innocenti e Xosé Zapata

O Voo das Mantas – Bruno Carnide

MELHOR SÉRIE OU TELEFILME

Até que a vida nos Separe – Andreia Esteves (Prod.) Coyote Vadio / Caos Calmo Filmes

Pôr do Sol – José Amaral e Alfonso Blanco (Prod.) SPi /Portocabo

Auga Seca – José Amaral e João Pedro Lopes (Prod.) SPi

Glória – Andreia Esteves (Prod.) Coyote Vadio / Caos Calmo Filmes (Vencedor)

PRÉMIO SOPHIA ESTUDANTE

Borderline – Leonor Rocha Oliveira

Ímpar – Laura Pires, Laura Equi e Marta Ribeiro

Os Magalhães – Marco Bártolo

Punkada – Gonçalo Ferreira (Vencedor)

MELHOR TRAILER

A Metamorfose dos Pássaros – Autoria de João Braz

MELHOR CARTAZ

Paraíso – Autoria de Constança Villaverde Rosado e Cristina Reis

MELHOR FILME EUROPEU

Another Round – Thomas Vinterberg

PRÉMIO CARREIRA SOPHIA

Abi Feijó – Realizador e Produtor

1 comentário
1

Related News

1 comentário

🎞 “Bem Bom” ganhou em duas categorias dos Prémios Sophia 2022 | 19 de junho, 2022 - 20:30

[…] aqui todos os nomeados e respetivos […]

Responder

Responder a 🎞 “Bem Bom” ganhou em duas categorias dos Prémios Sophia 2022 | Cancelar Resposta