CCPT21: Dia 1 (9/Dez)

de João Iria

A Comic Con Portugal abriu, dia 9 de Dezembro, as suas portas para um insaciável mundo de cultura pop por explorar. O evento é celebrado, este ano, em Lisboa, dentro do recinto do Altice Arena, no parque das Nações, onde existem diferentes níveis por descobrir, com uma variedade de áreas a conhecer e integrar.

Nos outdoors, as tendas da FOX e Disney+ destacam-se com exibições e atividades especiais, juntamente com a Gaming Experience e a área de Cosplay, dedicada a quizzes de anime e K-Pop. Apesar da pouca aderência nestas zonas, possivelmente pelo dia de abertura ocorrer numa Quinta-Feira, o entusiasmo é notavelmente palpável, na casa dos afiliados ao género de anime, dedicando o seu programa a jogos com visitantes e espetadores alheios, semi-envergonhados, nos seus cosplays absolutamente incríveis, capazes de envergonhar as adaptações live-action que existem dessas séries. Neste recinto foi dedicado um workshop de criação de cosplays com material reciclado, um “Quiz de Sombras”, em que os seus participantes tinham de adivinhar uma personagem através da sua sombra, e um quiz de K-Pop.

O Nível 0 e o Nível 1 funcionam como irmãos siameses, partilhando o seu espaço para as diversas lojas de merchandising, que irão, sem dúvida, prejudicar a carteira de qualquer visitante – como no meu caso-; exibições publicitárias de canais como HBO, AXN, Cinemundo e RTP; e uma zona de autógrafos, preparada para ser inundada por admiradores dos convidados desta edição. Uma zona agradavelmente perigosa, devido à necessidade inevitável de participar nestas sessões fotográficas, do espaço, cartazes e das pessoas.

Finalmente, no Nível 2, temos o Golden Theatre e a Artists’ Alley, o local principal dos maiores eventos e exibições desta CCPT21, e o espaço dedicado a artistas independentes e talentosos, principalmente na área de desenho e crafts, com obras perfeitas para adornar a nossa casa com uma identidade única. Um dos destaques pessoais, dentro do Golden Theatre, foi assistir um dos atores convidados, Misha Collins (da série Supernatural), num painel, a partilhar as suas experiências como ator. 

Sendo Quinta-Feira, um dia de semana menos ocupado e com menor número de atividades, o objetivo principal desta experiência de abertura é ambientar os seus visitantes ao espaço e aos futuros programas dos próximos dias. Seguindo as restrições da DGS, a CCPT21 demonstrou ser um espaço seguro para entrar no mundo da cultura pop, ainda que se encontre ligeiramente desorganizado, particularmente na movimentação entre os diversos espaços, onde é necessário maratonas para um indivíduo deslocar-se entre os níveis. Um problema inconsequente num dia desprovido de anarquia, mas que promete caos quando atingir o fim-de-semana. A recomendação é guardar, no mínimo, uma hora do horário somente para conhecer os cantos deste recinto e facilitar a mobilização. 

A abertura da Comic Con Portugal abriu as portas para o público ambientar-se a uma área avantajada e, devido à grandiosidade deste espaço e ao futuro programa expansivo, era necessário uma pequena abertura para criar expectativa e entusiasmo perante os próximos dias. Como numa Quinta-Feira normal, a alegria surge da antecipação do que está por vir e a euforia está no dia seguinte.

0 comentário
8

Related News

Deixa Um Comentário