ANIMar | 19ª Edição

de Fio Condutor

Exposições, sessões de cinema, oficinas e muita animação! De 2 de março a 8 de junho, a Solar – Galeria de Arte Cinemática e o projeto FILMar, da Cinemateca Portuguesa, apresentam a 19ª edição da ANIMar: uma viagem visual e sensorial à fronteira entre o mar e o cinema, com filmes, sons, sessões e atividades pensadas para os mais diversos públicos.

Escapando à tendência habitual de se focar no Cinema de Animação, esta edição propõe, a partir de 2 de março, um programa centrado na história do Cinema Português, que passa por: uma exposição principal, ciclos de cinema, conversas, assim como pelas visitas guiadas e oficinas temáticas, orientadas pelo Serviço Educativo do Curtas Metragens CRL.

A inaugurar a 3 de março, com a participação de Tiago Bartolomeu Costa, a exposição, organizada pela Galeria Solar e pelo FILMar, navega por entre produções documentais, etnoficcionais e até publicitárias, todas elas intimamente ligadas ao mar. Os filmes reunidos permitem percorrer o país,  as suas praias, as histórias das comunidades piscatórias, das fábricas à faina, do turismo ao medo, não para reforçar a narrativa de um país de marinheiros e pescadores, mas para interrogar que identidades múltiplas e contrastantes resistiram à definição limitada e humilde que durante tantos anos se impôs como verdadeira. A par da exposição que ocupa a Galeria Solar, o ANIMar conta ainda com um ciclo de cinema, que irá decorrer entre os dias 2 de março a 8 de junho no Teatro Municipal de Vila do Conde, em colaboração com o Cineclube de Vila do Conde, contando com a presença de Abel Coentrão, da Associação Cultural Bind’ó Peixe. Haverá ainda uma sessão especial no Cine-Teatro Garret, em parceria com o Cineclube Octopus. 

Paralelamente, permanecendo fiel à sua principal missão, o ANIMar cultiva dinâmicas formativas com a comunidade educativa da Região Norte através de diferentes iniciativas. Além de visitas guiadas adaptadas a diversos públicos, são levadas às escolas sessões de Curtas sobre o Mar, pensadas em função de diferentes faixas etárias, assim como oficinas de curta e longa duração, que promovem o ensino e prática da criação cinematográfica, pela mão dos próprios artistas.

Tendo em mente os 50 anos da Revolução do 25 de Abril, o ANIMar promove ainda duas novas iniciativas que celebram uma das datas de maior relevância nacional. Nascem assim as Conversas de Abril, que ocuparão o espaço da Loja das Curtas adjacente à Galeria. Abertas ao público, estas tertúlias criam espaço para a partilha de histórias e estórias em torno da Revolução dos Cravos. Surge também um conjunto de sessões de cinema, as Curtas de Abril, que fará chegar às escolas da região imagens e narrativas reminescentes da ditadura, resistência e liberdade.

A exposição permanente, com entrada gratuita, estará aberta de segunda-feira a sábado, das 14:00 às 18:30. Toda a programação pode ser consultada no site da galeria e nas redes sociais, sempre atualizadas com todas as novidades.

A sessão de abertura terá lugar no Teatro Municipal de Vila do Conde, Sábado dia 2 de Março às 16h00, com o filme norueguês Titina, de Kajsa Næss.

Titina de Kajsa Næss
0 comentário
0

Related News

Deixa Um Comentário